Enredo: Da Riqueza do Café, Sua Força e Majestade
Compositores: Thiago Brito, Thiago Meiners, Rafael Mikaiá, Pixulé, Tem Tem Jr, Turko e Fábio Souza
Intérprete: Thiago Brito
 
O AXÉ DO CAFEZAL INVOCOU MEU ANCESTRAL
PRETO VELHO MANDINGUEIRO
E NO TOQUE DO TAMBOR DERRAMANDO SEU AMOR,
BAIXOU NO TERREIRO
PARA LEMBRAR DOS TEMPOS DA CASA GRANDE
ONDE PLANTAR, COLHER ERA RESISTIR
DE GRÃO EM GRÃO A TERRA QUE GERMINAVA
O BRAÇO FORTE DO NEGRO NÃO SUCUMBIR
DE SEUS GRILHÕES QUEBRARAM-SE AS CORRENTES
A SEMENTE NO SOLO FECUNDOU
COM SEU AROMA E SABOR
A MAJESTADE O CAFÉ ENCANTOU…
 
OH SENHORA DO ROSÁRIO, ME ALUMIA
CANTIGAS NA FESTANÇA DE MARIA
LOUVAR AOS REIS E A SÃO BENEDITO
O ESPÍRITO SANTO É A LUZ DO DIVINO
 
TEM ARTE, VENDEDOR E TAMBORZEIRO
NESSA CONGADA TODA FÉ E DEVOÇÃO
ARAUTOS QUE ILUMINAM A CIDADE
E AS FITINHAS QUE ENFEITAM O SÃO JOÃO
E LÁ NO MORRO FIZ DO SAMBA MINHA VIDA
PRA DESFILAR A CADA ANO NA AVENIDA
E LÁ NO MORRO FIZ DO SAMBA MINHA VIDA
TE VER BRILHAR, OH MAIS QUERIDA!
 
VEM, PODE CHEGAR, QUE AQUI TEM SAMBA NO PÉ
TÁ NA BOCA DESSE POVO O SABOR DO MEU CAFÉ
PRA BRINDAR A ALEGRIA E MATAR ESSA SAUDADE
CANTA FORTE, PIEDADE