Enredo: O Conto do Vigário
Compositores: Marcelo Adnet, André Carvalho, Pedro Machado, Gustavo Albuquerque, Gabriel Machado, Camilo Jorge, Luiz Carlos França e Raphael Candela
Intérpretes: Leozinho Nunes, Bruno Ribas e Grazzi Brasil
 
O SINO TOCA NA CAPELA E ANUNCIA
NOSSA SENHORA COMEÇOU A CONFUSÃO!
QUEM VAI FICAR COM A IMAGEM DE MARIA?
O BURRO VAI TOMAR A DECISÃO
MAS O JOGO ESTAVA ARMADO
ERA O CONTO DO VIGÁRIO
NESSA TERRA FÉRTIL DE ENREDO
SE APRENDE DESDE CEDO
TODO PAPO QUE SE PLANTA DÁ
DOM JOÃO DEU UMA VOLTA EM NAPOLEÃO
FEZ DA COLÔNIA DOS MALANDROS CAPITAL
TRAMBIQUE, PATRIMÔNIO NACIONAL
 
TEM LARANJA!
“NA MINHA MÃO, UMA É TRÊS E TRÊS É DEZ!”
É O BILHETE PREMIADO VENDIDO NA RUA
MALANDRO PASSANDO TERRENO NA LUA!
 
HOJE, O VIGÁRIO DE GRAVATA
ABENÇOA A MAMATA
LOBO EM PELE DE CORDEIRO
“TRAGO EM TRÊS DIAS SEU AMOR”
“LA GARANTIA SOY YO!”
“SÓ TRABALHO COM DINHEIRO”
CHAMOU O VAR, TÁ GRAMPEADO
VAZOU, DEU SURURU
TEM MARAJÁ PUXANDO FÉRIAS EM BANGU!
BALANÇA NA REDE
ABRE A JANELA, APERTA O CORAÇÃO
O FILTRO É FANTASIA DA BELEZA
NA VIRTUAL ROLETA DA DESILUSÃO
 
BRASIL, COMPARTILHOU, VIRALIZOU, NEM VIU!
E O PAÍS INTEIRO ASSIM SAMBOU
“CAIU NA FAKE NEWS!”
 
MEU POVO CHEGOU ÔÔ!
A MARÉ VAI VIRAR, LAIÁ!
NA GINGA, PRA FRENTE, LÁ VEM SÃO CLEMENTE
SEM MEDO DE ACREDITAR!