Enredo: Onde Moram os Sonhos
Compositores: Dudu Nobre, Totonho, André Diniz, Fadico, Jorge Aragão
Intérprete: Wantuir
 
O SONHO NASCE EM MINHA ALMA
VAI TOMANDO O PEITO E GANHANDO JEITO
SE ETERNIZANDO, TRADUZIDO EM FORMA
O MAIS IMPERFEITO, PERFEIÇÃO SE TORNA
LÁ NO ME QUINTAL, EU VOU FAZER UM BANGALÔ
JÁ FOI TAPERA FEITA EM PALHA E SAPÊ
E UMA CAPELA QUE A CANDEIA ALUMIOU
A LUA CHEIA...
 
VEM, É LINDO O ANOITECER
VAI, EU MORRO DE SAUDADE
TODO MUNDO UM DIA SONHA TER
SEU CANTINHO NA CIDADE
 
COMO É LINDA A VISTA LÁ DO MEU BOREL
LUZES NA COLINA, MEU ARRANHA-CÉU
LINHAS DO ARQUITETO, A VIDA É CONSTRUÇÃO
CURVA-SE O CONCRETO, BRILHA A INSPIRAÇÃO
LÁGRIMA DESCE O MORRO
SERRA QUE CORTA A MATA
MATA, A PUREZA NO OLHAR
O RIO PEDE SOCORRO
É TERRA QUE O HOMEM MALTRATA
E O MEU CLAMOR, ABRAÇA O REDENTOR
PRA CONSTRUIR UM AMANHÃ MELHOR
O POVO É O ALICERCE DA ESPERANÇA
O VERDE BEIJA O MAR, A BRISA VAI SOPRAR
O MEDO DE AMAR A VIDA
PAZ E ALEGRIA VÃO RENASCER
TIJUCA, FAZ ESSE MEU SONHO ACONTECER
 
A MINHA FELICIDADE, MORA NESSE LUGAR
EU SOU FAVELA!!!
O SAMBA NO COMPASSO É MUTIRÃO DE AMOR
DIGNIDADE NÃO É LUXO, NEM FAVOR